segunda-feira, 7 de abril de 2014

CERTIFICADOS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO-UESB - 3° E 4° OFERTAS

Encontram-se a disposição dos cursistas os CERTIFICADOS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO -UESB - 3° E 4° OFERTAS
 
 4° Oferta-FEIRA DE SANTANA
          01-Dalveci Mendes de Oliveira Matos
          02- Edimilson Vieira de Almeida
          03- Edna Rodrigues de Souza
          04- Edinilda Correia da Silva
           05- Eliana Guedes de Araújo Oliveira
            06- Fernanda Brito de Oliveira
            07- Iraildes Rodrigues Ferreira
            08- Ivana Bastos Lima de Souza
            09- Lívia Maria Cordeiro Nere
            10- Paquisa Melo de Oliveira Pereira
            11- Meiriluce Mascarenhas Pinheiro
            12- Raimunda Sousa Lopes
            13-Romenice dos Anjos Lima Cerqueira
            14- Rosivania dos Santos
            15- Rui Claudio Alves dos Santos
            16- Sueli do Nascimento Cardoso Santos

3° Oferta – FEIRA DE SANTANA
          01-      Dinéa Ferreira Farias
          02-     Marinalva de Oliveira Silva
          03-     Noelice da Silva Rodrigues Ribeiro

quarta-feira, 20 de março de 2013

Procedimento Discente de Solicitação de Revisão de Prova

Prezados(as),
Procedimento Discente de Solicitação de Revisão de Prova, previsto na Resolução 1512/2012, do Consepe, normatiza  a Solicitação Discente de Revisão de Avaliação Parcial, a ser encaminhada à Coordenação do Polo, através de requerimento, de forma fundamentada, até 48 h após a Divulgação do Resultado Parcial. Tratando-se de Prova Final, a Solicitação do discente deve ser encaminhada, de forma fundamentada à Coordenação do Polo, através de requerimento, até 72 h após a Divulgação das Notas da Prova Final, não cabendo Recurso à decisão do Professor, em ambas situações.
Os Processos  serão encaminhados, via Malote, pela Coordenação do Polo, à Coordenação do Curso, no Pusai, até 48 h após ter sido Protocolado, para que seja feita a análise do pedido procedendo o seu deferimento ou indeferimento. 

domingo, 2 de outubro de 2011

COMUNICADO

COMUNICADO

Prezados Estudantes:

Conforme Regimento da UNEB, em seu artigo Art. 186. “ § 1º, o estudante poderá requerer no Protocolo do Departamento até setenta e duas horas (72) após a realização das avaliações, segunda chamada nas seguintes situações:

a) licença médica comprovada através de atestado ou laudo médico;
b) atividade militar comprovada através de declaração da Entidade;
c) atividades a serviço da justiça comprovada pelo órgão;
d) óbito de membro de família até 3º grau, mediante atestado ou declaração.

Portanto, vocês devem solicitar a segunda chamada no Polo, de acordo com uma das situações relacionadas acima, e no prazo previsto, apresentando documento comprobatório, para que possamos emitir parecer do processo, e, caso seja deferido, providenciarmos a 2ª chamada.

Lembramos ainda que todos (as) vocês receberam uma cópia do Regimento da UNEB através dos vossos e-mail.

Atenciosamente,
Maria Salete Freitas da Silva
Coordenadora

domingo, 5 de dezembro de 2010

O Fórum Estadual Permanente de Apoio à Formação Docente (FORPROF - BA), criado em 21 de janeiro de 2010, é um espaço de diálogo entre as diversas instâncias representativas da Educação pública na Bahia sobre as ações de desenvolvimento do Programa de Formação dos Professores da Rede Pública no Estado (PARFOR-BA).

O Fórum reúne representantes do Conselho Estadual de Educação da Bahia, da União Nacional dos Conselheiros Municipais de Educação (UCME), da União Nacional dos Dirigentes Municipais da Educação (UNDIME), das Universidades parceiras, das Secretarias Municipais da Educação e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB).
As suas decisões garantem os novos rumos de avanço do Programa, tais como: número de vagas ofertadas, novas áreas de formação, as modalidades das aulas (presenciais e / ou à distância), iniciativas de articulação com as prefeituras e a criação dos polos presenciais de formação através da Universidade Aberta do Brasil (UAB).
A iniciativa é da Secretaria da Educação – SEC/BA, através do Instituto Anísio Teixeira - IAT, e foi implementada de acordo com o decreto 6. 755, de 29 de janeiro de 2010, do Ministério da Educação – MEC.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

20 Mitos sobre os computadores

Matéria interessante sobre a forma de se utilizar o computador e algumas práticas que se perpetuaram durante alguns anos.

Hoje com a evolução das tecnologias empregadas na construção do PC, veja o que ainda é verdade ou o que já virou mito em relação às práticas de uso dos computadores.

Clique no link abaixo para acessar a matéria completa no site do TERRA.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Educação a distância multiplica vagas

Educação a distância multiplica vagas
16/12/2008 12:07
A Universidade Aberta do Brasil (UAB) deve contar com 600 mil alunos em 2012, um número seis vezes maior que o previsto para o início de 2009. Esta é a expectativa do ministro da Educação, Fernando Haddad. Ele participou nesta terça-feira, 16, em Brasília, da abertura do encontro de coordenadores das instituições integrantes do Sistema UAB.
“Hoje, a UAB tem mais de 500 pólos em todo o país e serão 100 mil alunos matriculados no início de 2009”, comemorou o ministro. Na visão dele, a educação a distancia, em construção no Brasil, é uma nova fronteira na educação superior e precisa de paradigmas sólidos para não comprometer a ampliação do acesso ao ensino superior. “Se zelarmos pela educação a distância, será possível criar um paradigma de qualidade nessa modalidade, respeitada em todo o mundo”, afirmou.
Para o ministro, assim como a educação superior pública presencial é modelo para todo o sistema universitário, o Estado precisa se responsabilizar pela criação de um referencial em relação à modalidade a distância. “É dever do estado oferecer acesso e também criar marcos referenciais de qualidade”, disse.
Criada em 2006, a UAB amplia a oferta de cursos superiores em instituições públicas, por meio da educação a distância. A prioridade é formar novos professores para atuar na educação básica e oferecer formação continuada àqueles já em exercício. “É difícil pensar a formação continuada para 2 milhões de professores sem o modelo da tecnologia da educação num país com as dimensões do Brasil”, afirmou o ministro, referindo-se aos professores da educação básica que precisam receber formação.
Nos 562 pólos espalhados pelo interior do Brasil, há laboratórios de informática, biblioteca e acompanhamento de tutores para as atividades presenciais. “O pólo é a casa do professor (em formação), onde ele tem uma interlocução com os tutores e professores”, enfatizou Haddad. “Esses alunos estavam distantes da possibilidade de formação e vêem a UAB como nova perspectiva profissional”, completou.
Para Haddad, a modalidade a distância ajuda a ampliar e democratizar o acesso à educação superior em conjunto com outras ações e programas do Ministério da Educação em curso, como o Programa Universidade Para Todos (Prouni) e o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (ReUni).
“Vamos cumprir a meta de alcançar a taxa de 30% de matrícula bruta na educação superior entre 18 e 24 anos”, disse, em referência à meta estabelecida no Plano Nacional de Educação (PNE), que entrou em vigor em 2000, com duração de dez anos. “Num próximo PNE, poderemos fixar a meta de atender 50% da juventude”, previu.
Maria Clara Machado
Ouça a entrevista do ministro da educação sobre o encontro.
Republicada com alteração de informações